Compostagem traz benefícios ao meio ambiente e aumenta a produtividade

A compostagem é um processo que pode ser feito dentro da propriedade rural de qualquer tamanho, e que reaproveita material que seria descartado em lixões

A cada dia, o campo brasileiro produz milhares de toneladas de resíduos orgânicos. O que iria para o lixo pode se transformar em algo que traz benefícios à produção e, principalmente, ao meio ambiente.

Isso é possível graças a compostagem, que é uma forma sustentável de enviar ao solo algo que ele mesmo deu antes: vida.

O que é compostagem?

Compostagem

A compostagem é um processo biológico. Microorganismos e animais invertebrados (como a minhoca) transformam o resíduo orgânico, como frutas, cascas, fezes de herbívoros, restos de café em adubo, substância que ajuda a melhorar a fertilidade do solo.

Os benefícios naturais são imensos, já que todo o processo acontece de forma natural, usando itens naturais.

Compostagem na prática

O Planeta Campo foi até Charqueada, no interior de São Paulo, para conhecer o exemplo do produtor de cana-de-açúcar José Valdir Granelli.

Na propriedade de Granelli, é usada a “torta de filtro“, que é feita a partir da cinza do bagaço da caldeira.

“Nós enriquecemos ela com cama de galinha e um pouco de calcário e de gesso. O material é misturado e levado para o campo. Colocamos essa ‘torta’ dentro do sulco da cana”, explica.

Aumento na produtividade

Um dos principais benefícios do adubo produzido com material orgânico é que a umidade do solo é aumentada, o que gera uma brotação mais uniforme do canavial, aumentando a produtividade em até 15%.

O produtor explica que a compostagem pode ser feita em propriedades de quaisquer tamanhos, e a forma como o material gerado será utilizada também pode ser variada.

“Aqui, nós usamos no plantio, porque avaliamos que a umidade do solo nem sempre é a adequada, e porque há uma concorrência menor com ervas daninhas, o aproveitamento é melhor”, disse.