Energia eólica: limpa, renovável e promissora para o Brasil

A produção de energia eólica pode ser produzida em terra, chamada de onshore ou no mar, com nome de offshore

Energia eólica: limpa, renovável e promissora para o Brasil

Você sabia que o Brasil é o sexto país em geração de energia eólica no mundo? Em julho deste ano registrou o primeiro recorde de geração de energia eólica instantânea.  Mas a utilização desta fonte renovável não é tão recente assim. Foi no Arquipélago de Fernando de Noronha, distante mais de 500 km de Recife, que em 1992 entrou em operação o primeiro aerogerador instalado no Brasil. 

Um pouco de história

Limpa, sem produção de resíduos, com baixo impacto ambiental. Historicamente, o caminho da energia eólica no país foi estimulado pela crise energética de 2001. 

No ano seguinte, foi criado o Proinfa, programa de incentivo às fontes alternativas de energia elétrica. A iniciativa exigia que  pelo menos 60% do conteúdo usado fosse nacional, o que abriu caminho para a fixação da indústria de componentes e turbinas eólicas no território brasileiro. 

Segundo os dados da associação brasileira de energia eólica, a Abeeólica, o desenvolvimento da energia eólica no Brasil já acumula um investimento de mais de us$ 42 bilhões nos últimos 11 anos. Em 2021, por exemplo, o investimento foi de us$ 5,15 bilhões. Mas quais motivos fazem da energia eólica ser tão sedutora para o Brasil?

Sucesso brasileiro

Usina de Energia Eólica (UEE) em Icaraí, no Ceará (CE)

O primeiro deles é o vento estável, ou seja, com a intensidade certa e sem mudança brusca de velocidade ou de direção. o brasil tem a sorte de ter uma quantidade grande desse tipo de vento, o que justifica o sucesso desse tipo de energia no país. 

O especialista em energia eólica, Márcio Mauriz Leal, explicou que a energia cinética se transforma em elétrica através das forças do vento que incidem sobre as pás.“ Dentro do aerogerador tem um gerador que produz essa energia em 400 volts. Ao lado de cada gerador temos um subestação unitária, um transformador que eleva essa geração para 13.800 volts para ser transportada para uma central. Na central há o recebimento de toda a energia da usina, transformada em 68 mil volts”, disse. 

 A produção de energia eólica pode ser produzida em terra – chamada de onshore-  ou no mar, com nome de offshore, muito comum na Europa e na Ásia. o Brasil conta com pedidos de autorização para parques eólicos no mar e um decreto do governo federal permite esse tipo de geração. no entanto,  são necessárias outras medidas para permitir essa implementação. 

Sobre o assunto, o Ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, disse ser um mercado promissor para o país. “Especialmente o offshore, gerado a partir do mar, pois pode ser encarado como uma nova fronteira de geração de energia para o país”.

Os estados brasileiros que mais geraram energia eólica nos últimos 12 meses foram: Bahia,  Rio Grande do Norte,  Piauí e o Ceará. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, o país tem  capacidade de produzir 22.000 MW de energia eólica. Só a região nordeste é responsável por 20.000 MW, ou seja, mais de 90% da produção nacional. 

Assista a matéria na íntegra: