Pesquisa aponta que insegurança alimentar quase duplicou no Brasil

Resultados foram divulgados junto com o lançamento do livro “O que é a cultura do desperdício”, em São Paulo

Pesquisa aponta que insegurança alimentar quase duplicou no Brasil

Foi lançado nesta quarta-feira, dia 8, na cidade de São Paulo, o livro “O que é a cultura do desperdício”, do produtor audiovisual e ativista Sérgio Lopes. A obra do produtor tem o objetivo de fazer o leitor pensar sobre consumo consciente e como evitar o desperdício, para, assim, preservar a saúde do planeta.

Livro lançado em São Paulo nesta quarta-feira, dia 8

Na mesma data foi divulgado um estudo mostrando que o número de pessoas em insegurança alimentar grave no Brasil praticamente duplicou em menos de dois anos. A pesquisa Vigisan – do inquérito nacional sobre segurança alimentar no contexto da pandemia Covid-19 no Brasil – foi realizada pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Penssan) e aponta que mais de 33 milhões de pessoas no país se encontram nessa situação, o que corresponde a 15,5% da população. O grande contraste é que estima-se que cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados.

A publicação é uma adaptação do documentário “Cultura do Desperdício – por uma sociedade mais consciente”, que conta com a participação de diferentes entidades focadas no tema, como a ONG Banco de Alimentos.

Confira a reportagem na íntegra: